Lugares mais bonitos do Brasil

Sem dúvida alguma, apontar os lugares mais bonitos do Brasil é uma tarefa muito difícil. O país está entre os destinos mais belos de todo o planeta. Possui paisagens naturais diversificadas e outras maravilhas esculpidas pelo homem, encantando brasileiros e estrangeiros mundo afora.

Pode-se apontar os lugares mais bonitos do Brasil a partir de obras arquitetônicas, praias paradisíacas, demonstrações de natureza abundante e muitas outras categorias. Por isso, em nossa lista, mesclamos um pouco de cada, focando especialmente no que há de único entre nossas belezas.

Confira (alguns) dos lugares mais bonitos do Brasil – apenas um começo em uma gigantesca quantidade de destinos impressionantes:

Jardim Botânico de Curitiba (Paraná)

Inaugurado em 5 de outubro de 1991 e marca registrada de Curitiba, o Jardim Botânico de Curitiba contempla 178 mil m² de área verde e muita história. O jardim foi criado à imagem dos jardins franceses, estendendo seu tapete de flores aos visitantes logo na entrada.

Inspirado nos antigos salões de cristal ingleses, o Jardim Botânico tem na estufa o seu principal destaque, uma homenagem a urbanista Francisca M. Garfunkel Rischbieter, uma das percussoras em planejamento urbano da capital.

As flores e espécies vegetais são os principais atrativos do Jardim Botânico de Curitiba. Um dos maiores do mundo, conta com mais de 400 mil espécies catalogadas.

Fernando de Noronha (Pernambuco)

Descoberta em 1503 e Patrimônio Mundial da UNESCO, o arquipélago de Fernando de Noronha possui um terno ecossistema. Com 21 ilhas e ilhotas, tem apenas 17 quilômetros quadrados (a menor do Brasil). Com as praias divididas em mar de dentro e mar de fora, é fácil coordenar a infinidade de atrativos e atividades.

O lugar funcionou como uma base militar com ótimo sistema de fortificação e também como prisão até 1982. Somente nos anos 90 a ilha foi aberta ao turismo, e mesmo assim, com muitas restrições, uma vez que foi transformada em Parque Nacional Marinho e tombada pela Unesco como Patrimônio Mundial Natural.

Hoje em dia sua área está dividida entre a APA (Área de Preservação Ambiental) e o Parque Nacional Marinho, que fazem a proteção do lugar.

Floresta Amazônica

Ocupando cerca de 600 milhões de hectares, cobrindo nove países, sendo mais da metade no território brasileiro, a Floresta Amazônica é a maior floresta tropical do mundo. Em território nacional constitui a Amazônia Legal, que abrange os estados do Pará, Amazonas, Amapá, Roraima, Rondônia, Acre e parte dos estados do Mato Grosso, Tocantins e Maranhão.

É na região amazônica onde encontra-se a maior bacia hidrográfica do mundo, tendo como principal rio o Amazonas, o maior rio do mundo em extensão e volume de água. Outros rios grandes, médios e pequenos cortam essa região. Estima-se que cerca de 20% das águas doces do planeta circulam na bacia Amazônica.

Com uma fauna riquíssima e heterogênea a Floresta Amazônica possui inúmeras espécies de mamíferos, répteis, anfíbios, peixes e aves. Onças, macacos, ariranhas, jacarés, tucanos e cobras são alguns dos animais encontrados.

Parque Nacional Chapada Diamantina

Criado em 17 de setembro de 1985, abrangendo 152 mil hectares de terras dos municípios de Andaraí, Ibicoara, Itaetê, Lençóis, Mucugê e Palmeiras, no centro do estado da Bahia. O Parque Nacional da Chapada Diamantina é um é um dos principais destinos eco turísticos do país e também de grande repercussão no turismo internacional. O cenário montanhoso abriga uma extraordinária variedade de ecossistemas como Cerrado, Mata Atlântica, Campos rupestres e Caatinga.

A diversidade de paisagens deslumbrantes presentes em um mesmo lugar impressiona. Repleta de cânions, montanhas, cachoeiras, cavernas e as chapadas, propriamente ditas, fazem da Chapada Diamantina um dos destinos mais originais do Brasil.

Podemos encontrar ainda animais como o quati, a cotia, a onça-pintada, a capivara, e a suçuarana, além de répteis como a jiboia e a sucuri. Diversas aves habitam a região, como periquitos, curiós e araras.

Leave a Reply