Curiosidades e dicas para quem vai viajar para a Rússia

Nos últimos anos, a busca por dicas para quem vai viajar para a Rússia aumentou significativamente. Entre os principais motivos que favorecem a mudança, estão o maior preparo turístico do país, o valor mais acessível dos rublos e a série de eventos que acontecem por lá em escala global, como olimpíadas de inverno e a Copa do Mundo que ocorrerá em 2018.

Em outras palavras, a Rússia é um destino atraente e cada vez mais adaptado para turistas, embora mantenha toda sua exoticidade para quem só conhece destinos tipicamente ocidentais. Se você pretende conhecer o país, confira algumas curiosidades dicas para quem vai viajar para a Rússia:

Tente aprender o básico do cirílico

Se você tem interesse em visitar a Rússia, certamente sabe que o cirílico é o alfabeto utilizado por lá. Os caracteres diferentes parecem ser muito confusos em função de simplesmente não fazerem parte de nossa rotina, mas na prática podem ser facilmente aprendidos.

O truque, neste caso, é saber que quase todas as letras do alfabeto cirílico possuem um correspondente em nosso alfabeto comum, e as palavras escritas passam a fazer muito mais sentido. Ao aprender as correspondências, você passa a compreender boa parte das palavras básicas.

Ter esse conhecimento, por exemplo, permite que ao ler супермаркет, você não entre em desespero, e saiba que se trata de “supermarket”, sem maiores dificuldades. Por isso, uma das principais dicas para quem vai viajar para a Rússia é dedicar algum tempo para aprender o alfabeto cirílico.

Aprenda palavras e frases fundamentais

Um esteriótipo que infelizmente é verdadeiro é o fato que poucos russos falam um inglês que seja suficiente para um diálogo completo. A situação é ainda mais grave, obviamente, quando o assunto é espanhol ou português.

Em qualquer destino que você pretenda ir, saber frases e palavras básicas é fundamental. No caso russo, no entanto, tudo isso é ainda mais importante, pois pode fazer a diferença em relação a compras, transportes públicos e, até mesmo, para fazer um pedido no bar.

Por isso, dedique algum tempo para aprender frases e vocabulário de bares, restaurantes, transportes e localizações. Isso certamente vai facilitar sua viagem.

Leve seu próprio mapa

Imagine estar em Moscou, prestes a conhecer algum museu fantástico e cheio de história. Você entra nas elegantes estações em mármore e bronze que dão acesso ao transporte público e vai comprar um tíquete pra um local.

As instruções, para sua surpresa, estão em russo, escritas em cirílico, bem como todas as localizações do mapa na estação. Essa é a realidade do metrô russo, e não um pesadelo de transporte público. As instruções sobre paradas, dentro dos vagões, também são dadas em russo. Por isso, utilize seu próprio mapa – preferencialmente bilíngue – para comparar os nomes nas estações com os locais onde você precisa chegar.

Planeje com um bom tempo disponível

Se você pretende passar na Rússia em uma rápida viagem no leste europeu, com dois ou três dias para o país, você perderá boa parte da diversão. Faça um exercício rápido e olhe o tamanho do país em um mapa. O que não falta por lá é espaço, e as duas principais cidades – Moscou e São Petersburgo – são realmente gigantescas.

Em São Petersburgo, especialmente, boa parte das atrações ficam em cidades anexas, o que exige um planejamento de tempo transportando-se de um local para o outro. Se você pretende visitar ao menos as principais atrações, é importante que você tenha (no mínimo) três ou quatro dias para cada uma das cidades.

Evite contato com autoridades

Embora seja um país cada vez mais turístico e preparado, há alguns vícios russos que ainda são observados por vários turistas. Uma das importantes dicas para quem vai viajar para a Rússia pode parecer assustadora, mas é verdadeira: evite autoridades policiais sempre que possível.

Isso inclui evitar pedir por informações para policiais por lá e – sobretudo – entregar seu passaporte para eles a menos que seja extremamente necessário. Infelizmente, as autoridades de lá tornaram-se conhecidas por tentar subornar ou tirar proveito de turistas, e a melhor estratégia e não dar chance para o azar.

Leave a Reply