Boeing 787-8: conheça o modelo

O Boeing 787-8 é a versão de longo alcance projetada especialmente para voos sem escalas e de bom nível de sofisticação. Trata-se da mais recente adição à linha widebody bimotor da Boeing 787, chamada também de Dreamliner.

A Dreamliner é considerada uma categoria de ponta: a aeronave é a mais eficiente em todo o catálogo, no que diz respeito ao combustível. Seu design e seus materiais permitem que o modelo seja até 20% mais econômico que as categorias que substitui.

Considera-se, até mesmo, o Boeing 787-8 como um substituto natural dos muito bem sucedidos 767, incluindo o -200ER e o -300ER. A linha geral do 787 é capaz de transportar entre 242 e 335 passageiros por voo. Sua forma de pilotagem é semelhante ao Boeing 777, o que aumenta a eficiência das empresas, também, no quesito operação e treinamento de pilotos.

Saiba mais sobre o Boeing 787-8, quais são suas principais características e os principais operadores deste modelo na atualidade:

Boeing 787-8

O 787-8 é uma aeronave projetada para 242 passageiros. Seu alcance é de 7.355 milhas náuticas, o equivalente a 13.621 quilômetros de autonomia de voo. Inicialmente, foi projetado com a intenção de substituir o Boeing 767 em suas versões -200ER e -300ER.

Isso significa tratar-se de uma aeronave projetada para voos confortáveis e longos, especialmente aqueles realizados sem escala. Com o que há de mais recente no mercado, o modelo agrega algumas das mais incríveis configurações comerciais da atualidade, incluindo o excelente modelo da American Airlines que reúne duas classes com assentos-cama, com privacidade e telas retráteis, desenvolvidos para oferecer conforto superior aos passageiros.

Quais companhias oferecem este avião?

Atualmente, menos de uma dezena de companhias operam o Boeing 787-8, considerando tratar-se de um modelo recente. Destacam=se especialmente a American Airlines, a LAN, a United Airlines e a Ethiopian.

No Brasil, por exemplo, é possível fazer um trajeto de 787-8 na rota São Paulo (partindo de Guarulhos) para Los Angeles. A rota ocorre diariamente, e oferece uma versão muito bem acabada, tecnológica e confortável da aeronave.

Há, inclusive, wi-fi a bordo na aeronave – algo ainda raro nas operações por aqui.

Destaque para a American Airlines

Alé mde ser uma das poucas opções para voar em um Boeing 787-8 a partir do Brasil, a American Airlines merece destaque no que diz respeito ao conforto desta aeronave em sua frota. O modelo excluiu a primeira classe de seu avião – mas engana-se quem pensa que isso representa pouca opção de sofisticação.

Estes voos contam com três classes – e econômica, a main cabin extra (uma versão mais espaçosa equivalente a econômica premium), e a executiva. Nas classes mais acessíveis, a configuração 3-3-3 oferece os confortos esperados e um bom sistema de entretenimento.

O destaque, no entanto, vai para a classe executiva, que adota 28 assentos-cama para cada aeronave. Com espaço privado e cercado para dar tranquilidade ao passageiro, estes assentos permitem a viagem em uma espécie de mini-suíte. Pode-se transformar o assento em cama, ter privacidade e contar com fones de ouvido anti-ruído de alta qualidade. Além disso a classe executiva conta com um bar a bordo. Provavelmente era nisso que a Boeing pensava quando lançou um modelo declaradamente sofisticado!

Leave a Reply